Esboços

Um Mar Periódico Semestral

By 07/11/2019 No Comments

Força Vital da Inundação

 

1. O Rio Paraguai, que nasce em terras brasileiras, na Serra de Araporé/Chapada dos Parecis, corre, no território brasileiro, a maior parte de seu percurso.
O Rio Paraguai, ainda em terras brasileiras, é o rio mais importante do Pantanal. Nele deságuam os rios do Pantanal: o Cuiabá, o Piquiri, o Taquari, o Aquidauana, o Miranda, etc. Ele recolhe também as águas do degelo dos Andes.

2. O Rio Paraguai e seus afluentes são os responsáveis pelas enchentes que formam o ecossistema rico do Pantanal.
Suas águas são pouco profundas e seu declive é muito suave. As águas correm muito lentamente, em direção ao Atlântico, por cerca de 1.500 KM. O declive médio é de apenas cinco (5) centímetros por kilômetro.
O Rio Paraguai é a única saída das águas que se represam no Pantanal. Outra alternativa natural é a evaporação pelo sol intenso.

3. O rio não dá vazão às águas, no tempo das chuvas. Estas transbordam e se espalham, inundando as terras, formando um quase mar interior de 6 m de profundidade, nas baixadas.
A inundação atinge uma área de, aproximadamente, 100.000 KM2, na imensa planície, formando o Pantanal de água limpa.
O alagamento é a força vital do Pantanal.

4. A cheia, tempo das chuvas, vai de Novembro a Abril, quando começa a vazante, que prossegue lentamente.
No entanto, a maior parte da água evapora, no local.
Nos três primeiros meses de vazante, (maio a julho), permanece água em boa parte do Pantanal. Nos meses de agosto a outubro, a seca vai se instalando, até algumas lagoas secarem.

5. Este período inclui a Primavera, o espetáculo da natureza florida, e o espetáculo dos Ninhais da Primavera.
Outros espetáculos são os cardumes de grandes peixes e as plantas aquáticas, etc.

Leave a Reply